Conheça Victor Almeida, a revelação do Muay Thai do interior paulista

18336882_1284847834896454_447734130_n
Foto: Arquivo pessoal do atleta

Aos 20 anos, Victor Almeida é uma das maiores promessas do interior paulista. Morador da cidade de Tietê, cidade localizada a 150 km de São Paulo, o atleta da equipe Lotus Muay Thai Gym tem objetivos grandes no esporte, e batalha diariamente em busca deles.

LEIA TAMBÉM:

TF Fight 2 agita São Paulo este sábado
Kyokushin vs Muay Thai: O encontro das duas artes em 1964

O lutador treina diariamente sob as orientações dos treinadores Celso Junior e Paulo Victor Amorim e soma seis vitórias em combates nas regras do K-1 amador, além de três vitórias no Muay Thai semiprofissional, nas categorias 65 kg e 67 kg.

Seu retorno aos ringues está marcado para o dia 13 de maio, no Portuários Stadium, em Santos. Confira um pouco da história deste atleta, assim como seu início no esporte e seus objetivos para o futuro.

Conte um pouco da sua história.

Sempre gostei de esporte e atividades físicas e antes de começar a treinar, eu dançava.

O que te despertou o interesse em treinar Muay Thai?

Conheci o Muay Thai com 14 anos de idade. Alguns amigos aqui do bairro já praticavam e já haviam feito algumas lutas, e isso foi o que me despertou o interesse. Assistindo às lutas deles, eu pensei: “eu posso fazer isso também”. Foram 4 meses intensos de treino até eu fazer minha primeira luta (amador/K-1) e sair vitorioso e com mais apetite para lutar novamente. Dois meses depois, consegui lutar novamente e anotar mais uma vitória, e foi aí que decidi que era isso que eu queria para minha vida.

Infelizmente tive umas pequenas pausas no treinamento, pois não tinha muita verba, pois precisava trabalhar e estudar, mas sempre com o pensamento nos treinos e doido para voltar a lutar.

Desde que voltei eu não parei. Estou sempre buscando evolução para poder estar no nível dos melhores aqui do Brasil

Como é sua rotina de treinos?

Minha rotina de treinos ainda não é como na Tailândia, pois não temos muito material humano, mas estamos procurando nos espelhar sempre neles. Treino todos os dias em média 2 horas e meia, divididas em dois treinos. Meu treino consiste em corrida, saco de pancada, pads, clinch, táticas de luta, e sempre terminando com treinamento físico. O descanso é aos domingos, se não houver luta. Ainda tenho muito a aprender e aperfeiçoar.

Quais são os maiores desafios que você enfrenta em sua carreira de atleta?

As adversidades e desafios para mim são a falta de suporte de equipamentos para treinamento e a ausência de eventos e seminários de Muay Thai na região do interior paulista, o que faz com que sempre tenhamos que estar nos deslocando para buscar conhecimento e evolução. E também a perda de peso. Ninguém merece ficar sem comer aquela deliciosa refeição de todos os dias (risos).

Você tem algum patrocínio?

Ainda não tenho nenhum patrocínio fixo, mas como estou mostrando um bom desempenho e resultados em minhas lutas, algumas pessoas estão me apoiando e ajudando de alguma forma para cobrir os gastos que temos quando nos deslocamos para os eventos, que sempre são fora do interior. Agradeço muito a todos eles e creio que em breve estarei conseguindo um bom patrocínio fixo para que eu possa me dedicar mais ainda na busca de bons resultados.

Encontrou resistência da família quando decidiu seguir a carreira de atleta?

Minha família, como todas as outras, sempre fica com receio de que eu chegue em casa machucado, com fratura ou algo do tipo. Estou sujeito a isso, mas eles nunca deixaram de me apoiar ou pediram para eu parar de lutar ou treinar, muito pelo contrário. Estão acreditando em mim e cada dia depositando mais confiança na minha capacidade, e creio que sem eles, nada disso estaria acontecendo.

Como foi sua estreia no semiprofissional? Quantas lutas fez no semiprofissional?

Minha primeira luta no semiprofissional de Muay Thai foi incrível. Foi ano passado (2016), em Jandira, contra um adversário experiente. Não era sua primeira luta sem capacete e sem caneleira. Apesar de ser a minha primeira vez, consegui controlar a tensão e impor o jogo que havia treinado, e após 3 rounds duros saí com a vitória. Depois disso, fiz mais uma luta, em um evento chamado Ragnarok Muay Thai Festival, e consegui mais uma vitória, dessa vez por nocaute. Em fevereiro de 2017 fiz minha estreia no primeiro e único estádio de Muay Thai do Brasil, o Portuários Stadium, e graças a Deus e ao trabalho duro na preparação, consegui finalizar a luta com menos de 1 minuto, com uma bela cotovelada. Dia 13 de maio estarei lutando novamente no Portuários Stadium e espero dar show novamente.

18308862_1284847804896457_233482107_n
Crédito foto: arquivo pessoal do atleta

Você conhece seu próximo adversário?

Consegui assistir a uma luta do meu próximo adversário e estamos trabalhando com muito foco em cima de algumas falhas dele. Creio que vai ser uma luta dura e que o público irá gostar.

A expectativa é de conseguir colocar em prática todas as táticas que estamos elaborando. Estou confiante e espero que possa dar continuidade no meu desempenho de vitórias, mas estou preparado para me encontrar com a derrota também.

18302503_1284847831563121_142231968_n
Sua próxima luta será no Portuários Stadium, em Santos. Foto: Portuários Stadium

Quais são seus planos para o futuro?

Meus planos para um futuro não muito distante a princípio é ir para a Tailândia para buscar mais experiência e dar continuidade na carreira como atleta, aprender o Muay Thai em sua origem e conquistar títulos por lá, como muitos brasileiros têm feito. Minha meta para 2017 é fazer uma luta profissional (sem cotoveleira), para poder começar a ganhar dinheiro com o esporte.

 

Confira Victor Almeida em ação:

4 comentários sobre “Conheça Victor Almeida, a revelação do Muay Thai do interior paulista

  1. Pingback: Resultados do evento de maio no Portuários Stadium – Blog do Ewerton Teixeira

  2. Pingback: Victor Almeida retorna ao ringue do Portuários Stadium – Blog do Ewerton Teixeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s