Marketing em eventos esportivos

19437584_1803098843038053_189353154896886203_n
Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial UFC Brasil

por Alessandro Gonçalves

Uma das principais formas de promover o trabalho realizado pelos professores, associações, federações e confederações, é através da realização de eventos esportivos.

LEIA TAMBÉM:

Lutas e Artes Marciais nas aulas de Educação Física Escolar

Quatro lutas lendárias do Kancho Shokei Matsui

Mentalização no esporte

Os eventos são também, uma grande oportunidade de aumentar o nível de preparação dos atletas, desenvolvimento de alunos e a captação de novos clientes para academias e entidades esportivas.

De forma geral, o evento esportivo é uma maneira de prestação de contas para a sociedade, onde todos têm a oportunidade de conferir e avaliar o trabalho realizado pelas instituições. É possível afirmar que os eventos esportivos são fundamentais para o crescimento de qualquer organização esportiva e para tanto, estas devem periodicamente investir na idealização, organização e realização desse tipo de manifestação.

Por outro lado, são comuns as reclamações por parte de dirigentes esportivos, principalmente de esportes de menos tradição no país como as artes marciais, a cerca das dificuldades que permeiam a organização de eventos.

No topo dessas dificuldades está a falta de patrocínio, razão esta que muitas vezes inviabiliza a realização, ou na melhor das hipóteses, impõe limitações em sua organização.

Existem inúmeras razões pelas quais as empresas não entendem o patrocínio esportivo como um bom investimento, e estas, vêm sido amplamente discutidas entre as entidades esportivas interessadas no assunto.

Quando analisamos o futebol e as cifras bilionárias que acompanham este esporte, é possível retirar alguns aprendizados e a partir de então, transferir estas informações para outras realidades, como a das artes marciais por exemplo.

As empresas patrocinadoras precisam ter clareza de que o dinheiro investido no patrocínio esportivo irá retornar em primeira instância sob forma de publicidade e fortalecimento da marca e em segunda instância em forma de lucratividade. E esta clareza deve ser demonstrada por parte da entidade a qual busca o patrocínio.

Percebe-se neste ínterim, que falta ainda para as organizações esportivas amadoras, a instrumentalização necessária, para a prospecção, capacitação, utilização e prestação de contas das verbas eventualmente recebidas a título de patrocínio. Estas entidades, legitimamente preocupadas com o aperfeiçoamento técnico de seus praticantes, constantemente deixam de investir na gestão de seus recursos, o que muitas vezes, comprometem a sustentabilidade e subsistência da própria organização.

Para reverter este quadro, e canalizar os recursos financeiros sabidamente disponíveis no mercado, para a realização de eventos esportivos, é necessário que, cada vez mais os dirigentes profissionalizem a sua gestão e passem a enxergar suas entidades como negócios que precisam gerar negócios para empresas. O patrocinador é um cliente e precisa de retorno sobre o investimento que decidir destinar às organizações esportivas.

 

Alessandro Gonçalves

Especialista em Marketing Esportivo

Um comentário sobre “Marketing em eventos esportivos

  1. Pingback: Avaliando sua situação atual – Blog do Ewerton Teixeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s